Futsal feminino jogará o Mundial, comemora ala Vanessa Pinheiro

primi sui motori con e-max

A batalha das jogadoras da seleção brasileira feminina de futsal para disputar o Mundial da categoria, no próximo mês, vai terminar com final feliz. Após mais de dez dias de impasse, a equipe fechou um acordo que garantirá sua presença na competição que acontecerá em San José, na Costa Rica. Os detalhes serão anunciados neste final de semana.

Na manhã desta sexta-feira, a ala da seleção Vanessa Pereira postou uma mensagem em uma rede social anunciando o desfecho positivo. "Aos 48 do segundo tempo! É com o coração em êxtase, com um choro e um grito entalado há dias que estava, que venho dizer a vocês que nos ouviram e nos ajudaram, que até o final do dia daremos uma boa notícia a todos vocês! O meu Deus nunca falha!", escreveu a atleta.

Vanessa e outras jogadoras da seleção, algumas que atuam na Espanha, travaram uma batalha para garantir a presença no Mundial. Na semana passada, a Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) chegou a anunciar que o Brasil não disputaria a competição por falta de recursos. Dias depois, a entidade voltou atrás e deu prazo para que as próprias jogadoras levantassem os recursos e entrarem na disputa.

Assim, as atletas criaram uma conta e fizeram campanhas nas redes sociais pedindo doações e buscando patrocínios. Jogadores da seleção masculina fizeram uma vaquinha e contribuíram com R$ 10 mil.

A seleção brasileira venceu todas as quatro edições do Torneio Internacional de Futsal Feminino, considerado o Mundial da categoria. O torneio é realizado anualmente. Além da Costa Rica, estão confirmadas as seleções de Espanha, Rússia, Portugal, Japão, Irã e Guatemala. A competição acontecerá entre os dias 10 e 15 de dezembro.