Início Esportes Brasil vence México e segue vivo no sonho do título mundial

Brasil vence México e segue vivo no sonho do título mundial

Comentários desativados em Brasil vence México e segue vivo no sonho do título mundial

JC Online

A seleção brasileira feminina de vôlei conseguiu a quinta vitória no Campeonato Mundial. Na madrugada desta segunda-feira (08.10), o time verde e amarelo venceu, de virada, o México por 3 sets a 1 (23/25, 25/23, 25/13 e 25/19), em 1h55 de jogo, em Nagoya, no Japão. A equipe do treinador José Roberto Guimarães luta pelo título inédito da competição.

O Brasil voltará à quadra à 1h25 desta quarta-feira (10) contra a Holanda.

Na classificação geral do grupo E, as brasileiras aparecem em terceiro lugar, com 16 pontos (cinco resultados positivos e dois negativos). A Sérvia lidera, com 21 pontos (sem perder sets) e a Holanda está na segunda posição, com 20 pontos – também ainda sem resultado negativo. O Japão, no momento, é o quarto colocado, com 15 pontos (cinco vitórias e uma derrota), mas duela com Porto Rico ainda nesta segunda-feira. Os três primeiros de cada grupo passarão para a terceira fase da competição.

A oposta Tandara foi a maior pontuadora do confronto, com 25 pontos. As ponteiras Gabi e Drussyla, com 15 e 14 pontos cada, também se destacaram no confronto. Pelo lado do México, a atacante Rangel marcou 23 pontos.

Ao final do duelo, o treinador José Roberto Guimarães fez uma análise da atuação das brasileiras contra o México.

AVALIAÇÃO
“O começo do jogo foi reflexo da partida de ontem com o time querendo muito, mas sem tranquilidade para executar os movimentos. O equilíbrio faltou no começo da partida, mas com a entrada da Drussyla tudo se acalmou e a equipe se ajustou durante o confronto. O México tem jogadoras interessantes com três saques viagens que nos incomodaram e um ataque forte arriscando tudo. Foi um bom jogo porque nosso time teve que correr atrás do resultado o tempo inteiro”, explicou José Roberto Guimarães.

carregar mais artigos relacionados
comentários fechados